Literatura, Resenhas

Resenha: Para Educar Crianças Feministas

Para Educar Crianças Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie, é um diálogo da autora consigo mesma e, de certa forma, com as mulheres da sua geração. Embora escrito em forma de carta para uma amiga que lhe pediu conselhos para educar a filha recém-nascida, o livro, publicado no Brasil pela Companhia das Letras, trata, principalmente, de… Continue reading Resenha: Para Educar Crianças Feministas

Bala no Alvo, Crônicas

(Im)paciente Crônica: Garotas, boas ou más, vão para onde quiserem ir

Um mulher tem o direito de definir-se como bem entender, de ser quem ela quiser ser, de se comportar como quiser, sem dar satisfações ou pedir permissão a ninguém. Mas a regra só vale se ela faz isso por si mesma e não porque existe todo um contexto social que a força, ou convence com… Continue reading (Im)paciente Crônica: Garotas, boas ou más, vão para onde quiserem ir

Cidadania, Cultura e Sociedade, Geral, Política, Recomendo

“Não passarão”

A revista de moda ELLE, publicada na versão brasileira pela Editora Abril, trouxe na sua edição de dezembro um Manifesto Feminista escrito por seis representações do movimento no Brasil, na atualidade: Sofia Soter, editora da revista Capitolina; Helena Dias, editora da Azmina; Djamila Ribeiro, mestre em filosofia política e colunista da Carta Capital; Juliana de Faria, fundadora… Continue reading “Não passarão”

Dicas de leitura, Literatura

Tordesilhas lança ensaio de Virginia Woolf

A partir do tema mulheres e ficção, a escritora Virginia Woolf delineia a situação do sexo feminino frente às diferenças de gênero atribuídas pela sociedade e sua relação com a ficção. O tema é abordado no ensaio Um teto todo seu, fundamentado em palestras proferidas por Woolf em 1928. O livro chega ao Brasil pela… Continue reading Tordesilhas lança ensaio de Virginia Woolf

Mulher Sem Retoque, Perfis

Repórter dá volta ao mundo inspirada em Verne

Na edição deste mês de dezembro da revista Aventuras na História, descobri a existência de Nellie Bly, jornalista norte-americana que no final do século XIX, inspirada por Phileas Fogg, personagem de Júlio Verne, decidiu dar a volta ao mundo em menos de 80 dias, batendo o recorde da persona literária. Nellie desafiou o editor do… Continue reading Repórter dá volta ao mundo inspirada em Verne

Crônicas

(Im)paciente Crônica: respeito é bom e as mulheres gostam!

Muitas impaciências somadas em um espaço curto de tempo. Todas, lamentavelmente, com origem no desrespeito histórico contra as mulheres... Na capa da revista Nova Cosmopolitan de setembro, uma chamada diz que "ser sexy não é mais over". Conhecendo a linha editorial da revista, já entristeço. Na mesma edição, uma matéria ensina que para fortalecer uma… Continue reading (Im)paciente Crônica: respeito é bom e as mulheres gostam!

Artigos, Cultura e Sociedade, Geral, Reflexões

A responsabilidade das mulheres e a omissão dos homens

A reportagem de capa da revista Época desta semana, a de nº 774, é sobre relações de gênero, mais especificamente a relação entre homens e mulheres heterossexuais. Com o sugestivo título "O que as mulheres querem dos homens", a série de matérias que compõem o especial trata do quanto as mulheres têm expectativas demais e… Continue reading A responsabilidade das mulheres e a omissão dos homens

Citações, Cultura e Sociedade, Geral

“As mulheres têm responsabilidade na maneira como os homens se comportam”

"As mulheres têm responsabilidade na maneira como os homens se comportam. Precisamos mudar alguns maus hábitos nossos. Queremos dividir as tarefas de casa, mas reivindicamos o título de especialistas e criticamos o que eles fazem. Ainda esperamos que os homens sejam poderosos e tenham dinheiro. As mulheres precisam ajudar os homens a descobrir o que… Continue reading “As mulheres têm responsabilidade na maneira como os homens se comportam”

Artigos, Cultura e Sociedade, Geral

Você se sente representada pela Luiza?

A Guilhermina Ginle deve estar tão confusa quanto eu com os rumos da sua personagem Luiza no remake da novela Ti Ti Ti (rede Globo). De uma aparente mulher moderna, segura de si e independente emocionalmente, foi transformada numa psicopata, neurótica, chorona e carente. Se bem que, cá entre nós, a Luiza nunca me enganou.… Continue reading Você se sente representada pela Luiza?

Artigos, Cultura e Sociedade, Geral

Mais mulheres refletindo sobre o machismo – e o racismo – subliminares

Publiquei recentemente uma resenha sobre a biografia de Lélia Gonzalez, lançada pelo Selo Negro Editorial. Na obra, os autores, Alex Ratts e Flavia Mateus Rios, reconstituem a vida da militância acadêmica, política e social dessa intelectual negra brasileira muito atuante entre os anos 70 e 90, co-fundadora do Movimento Negro Unificado, feminista, politizada, mas com… Continue reading Mais mulheres refletindo sobre o machismo – e o racismo – subliminares