Resenha: As Benevolentes

Os piores castigos impostos pelas Erínias bastariam para apagar da memória coletiva os horrores da II Guerra Mundial e do nazismo? Maximilien Aue, protagonista de As Benevolentes (Alfaguara, 2007) se faz essa pergunta enquanto desfia um rosário de misérias diante do leitor atônito. Com quase mil páginas, essa é leitura árdua tanto pelo volume do … Continuar a ler Resenha: As Benevolentes

Resenha: O Planeta dos Macacos (Pierre Boulle)

Capa da edição de 2015 da Aleph (Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) Das palavras e da memória humana O ato de falar, não o papagaiar repetitivo da ave, mas a fala consciente, separa os humanos das feras. No entanto, animais selvagens também somos, tão logo se retire a fina camada de civilização que possibilita … Continuar a ler Resenha: O Planeta dos Macacos (Pierre Boulle)

As duas vidas de Charlie

Flores para Algernon, edição de 2018 da Aleph (Foto: Andreia Santana/@blogmardehistorias Somos apenas um conjunto de tudo o que aprendemos? Valemos mais quanto maior for o nosso Q.I? Essas são algumas perguntas estimuladas após a conclusão da leitura de Flores para Algernon, clássico de ficção científica do escritor norte-americano Daniel Keyes, publicado originalmente em 1959, … Continuar a ler As duas vidas de Charlie

Resenha: Contos de Imaginação e Mistério

A edição da Tordesilhas de Contos de Imaginação e Mistério (Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) Meu primeiro contato com os contos de Edgar Allan Poe ocorreu a partir de uma publicação avulsa, dessas comuns em bancas de revista, de Os Assassinatos da Rua Morgue, quando eu tinha entre 12 e 13 anos. Na sequência, … Continuar a ler Resenha: Contos de Imaginação e Mistério

Resenha: O pássaro de fogo

A edição da Leya tem capa dura e ilustrações belíssimas(Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) O pássaro de fogo é um afago na alma. Os contos de fadas russos são cheios de heroísmo e de um humor bem menos sombrio do que aquele dos contos alemães recolhidos pelos Irmãos Grimm ou das histórias britânicas reunidas … Continuar a ler Resenha: O pássaro de fogo

Resenha: A capital

A capital é considerado o romance mais autobiográfico de Eça de Queiróz, com um protagonista que assume papel de alterego do escritor. É uma obra menos badalada do autor português. Começou a ser escrita em 1877, mas só foi publicada em 1925, mais de 20 anos depois de sua morte, com a supervisão de um … Continuar a ler Resenha: A capital

Resenha: Vasto mar de sargaços

Vasto mar de sargaços conta a história da 'louca do sótão', a infeliz primeira mulher do abusivo senhor Rochester. Os acontecimentos são anteriores aos narrados em Jane Eire e dão outra perspectiva para a história de Charlotte, uma inclusive que os leitores do século XXI entendem muito melhor do que aqueles dos tempos das irmãs … Continuar a ler Resenha: Vasto mar de sargaços

Resenha: Mundo de Tinta – Contos

A trilogia Mundo de Tinta (já resenhada no blog, relembre aqui e aqui), da escritora alemã Cornelia Funke, ganhou um e-book bônus, em 2013, Mundo de Tinta - Contos, que reúne três historinhas que mostram o que aconteceu com alguns dos personagens da trilogia original e explica aos leitores da saga de onde vêm o … Continuar a ler Resenha: Mundo de Tinta – Contos

Resenha (ou quase isso): Laranja Mecânica

Uma catarse tão profunda quanto a Nona Sinfonia Laranja Mecânica é um soco na cara. Um corte profundo de uma navalha afiada. É sangue no olho... Enquanto lia o livro, marcava na rede de bibliófilos Skoob o andamento da minha leitura. Geralmente, apenas marco as páginas lidas, sem comentários prévios, sem dar notas (no caso … Continuar a ler Resenha (ou quase isso): Laranja Mecânica