Diário de uma aparelhada – VIII

Querido Diário,

Tô devendo te contar milhões de coisas, minha última postagem foi em março! Mas foi uma fase bem complicada. Fiquei de castigo três meses seguidos, porque levei bomba em quatro matérias e minha mãe você já sabe como é – a ditadora aqui de casa! -. Depois que o castigo acabou, em junho, começaram as férias e eu fui viajar com o meu pai. Viagem massa! Depois te conto. Daí, voltando da viagem, começaram as aulas de novo e minha mãe começou a regrar meu tempo no pc – não tou dizendo que ela é uma ditadora que não entende as necessidades de uma adolescente! -. Com a correria dos trabalhos da escola (se eu perder o ano ela disse que tira meu diário do ar!), as aulas de teatro e o tempo do shopping, de sair com as meninas e de zoar meu irmão menor não sobra muito espaço para escrever. Confesso, quando entro na internet fico hooooras batendo papo com o Rodrigo, a Roberta, a Bia e o resto da turma toda, pelo menos até minha mãe entrar no quarto e mandar desconectar, arff! Mas então, vou te contar sobre o aparelho. Meus dentes caninos já estão quase 100% no lugar! Lembra que te contei num dos capítulos que tive de arrancar os pré-molares para os caninos “andarem” para o lugar? Então, andaram e não tem mais buracão sobrando na boca. Já posso sorrir de novo :) E a dor diminuiu 90%, agora só dói um pouco quando aperta o araminho, um vez por mês. Mas só fica doendo uns dois dias. Já tou comendo melhor também, mas perdi um total de seis quilos (é que na viagem com meu pai eu escapuli um pouco da dieta, mas tinha tanta coisa gostosa pra comer!) Minha orto está super feliz e só me dá nota 10 com a limpeza do aparelho e dos dentes. Mês passado ela deu bronca no meu irmão. Hahah, não falei pra você que o porquinho não ía cuidar dos dentes. Se ele ao menos lesse meu diário… se bem que não ia gostar de eu chamar ele de porquinho. Os dentes de cima estão quase todos arrumados, falta ainda desapinhar os dois da frente, que literalmente nasceram um por cima do outro (horríveis!!). A orto disse que na minha próxima visita, agora em setembro, já vai começar o processo todo nos dentes inferiores (ai meu deus, as borrachinhas azuis de novo, toda aquela dor e logo na mandíbula! Já tou sofrendo por antecipação).

Com amor e dentes quase arrumados,

Camila.

P.S.: Prometo não ficar mais de castigo e nem esquecer de atualizar você!

===============================

Leia o diário da Camila desde o primeiro capítulo:

Diário de uma aparelhada – I

Diário de uma aparelhada – II

Diário de uma aparelhada – III

Interferência da mãe de Camila no diário

Diário de uma aparelhada – IV

Diário de uma aparelhada – V

Diário de uma aparelhada – VI

Diário de uma aparelhada – VII

*Um esclarecimento a pedido de pais e mães que frequentam o Mar de Histórias: A série Diário de uma aparelhada é ficção baseada em fatos reais. Camila é uma adolescente inventada por mim, mas inspirada numa pessoa real que está vivendo o processo de usar aparelhos nos dentes. Portanto, as conquistas e torturas que ela descreve, realmente estão acontecendo com alguém.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s