Resenha: O som do tempo passando (Victor Mascarenhas)

A voz de Renato Russo cantando ‘Quase sem querer’ grudou feito chiclete na minha memória logo nas primeiras páginas de O som do tempo passando, romance de Victor Mascarenhas lançado pelo selo Cafeína Produção de Conteúdo, criado pelo próprio autor. Colaram-se em mim feito segunda pele a melodia e a letra, que me espantei ao … Continuar a ler Resenha: O som do tempo passando (Victor Mascarenhas)

Resenha: Um certo mal-estar (Victor Mascarenhas)

Requiém para os sonhos partidos da geração x O antiácido dissolvendo na capa de Um certo mal-estar, terceiro livro de contos do baiano Victor Mascarenhas, autor também do romance Xing Ling - Made in China, já dá ao leitor a ideia de que nem com um Engov, ou com aquela cerveja da propaganda, os contos reunidos … Continuar a ler Resenha: Um certo mal-estar (Victor Mascarenhas)

Livro de contos traz histórias sobre angústias da Geração X

A Geração X alcançou, ou está prestas a chegar, a quarta década de vida. E junto com a entrada na maturidade, essa turma vivencia as angústias dos sonhos desfeitos e, muitas vezes, faz malabarismo para se adequar a um mundo cada dia mais veloz e dotado de menos sentido. Pois é justamente dessa inquietação que … Continuar a ler Livro de contos traz histórias sobre angústias da Geração X

Resenha: Xing Ling – made in China

Revolta baiana made in China Victor Mascarenhas critica a decadência de Salvador e o mito da baianidade para turista ver em romance com forte sotaque gregoriano As citações a Antonio Risério, em crítica do antropólogo à obrigação do soteropolitano ser feliz os 365 dias do ano e à carta de demissão do governador-geral e fundador … Continuar a ler Resenha: Xing Ling – made in China