(Im)paciente Crônica: Não há nada de ‘novo’ ou de ‘normal’ em sobreviver minimamente sã

Pipocam na minha caixa de entrada e-mails de publicidade de lojas divulgando máscaras de proteção de variadas cores e estampas. Essas da foto, ganhei de presente em duas ocasiões diferentes da mesma pandemia nossa de cada dia. A gente se adapta, mas isso não é 'normal'. Tampouco é 'nova' a capacidade do ser humano de … Continuar a ler (Im)paciente Crônica: Não há nada de ‘novo’ ou de ‘normal’ em sobreviver minimamente sã

Advertisement

Resenha: A pomba (Patrick Süskind)

A pomba é uma pequena novela sobre o medo de quebrar as regras, de escapar da rotina e de se expor aos caprichos do destino. Nesse história de 112 páginas, Patrick Süskind, o consagrado autor de O perfume, apresenta a vida ordinária de Jonathan Noel, vigia de uma agência bancária, em Paris. Noel guarda embaixo da … Continuar a ler Resenha: A pomba (Patrick Süskind)

Área de Segurança Máxima

Sempre fiquei intrigada com as pessoas que, diante das situações mais graves, dos problemas mais insolúveis, mantém a rotina diária organizada. Minha primeira reação sempre foi pensar: "nossa, que insensível!" ou "que alienada, o mundo se acabando e ela aí preocupada com o que vai cozinhar para o almoço!" Com o tempo, e a maturidade, … Continuar a ler Área de Segurança Máxima

E a primeira década do século XXI já acabou?

Meninos e meninas, eu só ia dar o ar das minhas letras virtuais por aqui na segunda-feira, até porque, estou de plantão no feriadão do Réveillon. Não bebi espumante, não estourei fogos. Aliás, fui dormir antes do ano virar, porque meu plantão começou às 8h da madrugada (num feriado é madrugada) e já começou na … Continuar a ler E a primeira década do século XXI já acabou?