Pagodão na Tancredo Neves

O restaurante do meu trabalho fechou temporariamente para reformas. Como temporariamente, leia-se que só vai abrir em 15 de dezembro, isso sendo otimista, porque sempre há o risco de atraso. Sabe como é, vem Natal, Ano Novo, Bom Jesus dos Navegantes, Lavagem do Bonfim, Carnaval... com sorte teremos comida à mão, lá para março. Sem … Continuar a ler Pagodão na Tancredo Neves

Um desafio, “gosto se discute”

Busco ser uma pessoa livre de preconceitos, na medida do possível. Mas confesso que tendo a ser implacável com as coisas das quais não gosto. Sempre acreditei que gosto se discute sim, se lapida. O que não se discute é o direito de alguém gostar de pagodão enquanto você, por exemplo, prefere a nona sinfonia.  … Continuar a ler Um desafio, “gosto se discute”

Mulher fruta: É para chupar e cuspir o bagaço?

Segunda-feira de Carnaval. Um espetáculo me impressiona profundamente. Sobre um trio elétrico, uma moça, necessário dizer que é afrodescendente, completamente nua, sem tapa sexo ou aquelas lantejoulas sobre o bico dos seios, requebra ao som de um pagode cuja letra diz nada menos que "rala a xana no alfalto". Ela desce até o chão, como … Continuar a ler Mulher fruta: É para chupar e cuspir o bagaço?