séries

Dica de Série: Grace and Frankie

A Netflix estreou no último dia 18 a quinta temporada da série Grace and Frankie, de Marta Kauffman, a mesma criadora da badalada Friends. A série, protagonizada por Jane Fonda e Lily Tomlin, conta a história de duas mulheres que, na terceira idade e depois de mais de 40 anos de casadas, descobrem que os… Continue reading Dica de Série: Grace and Frankie

Anúncios
Cinema

Análise: Eu não sou um homem fácil (ou de como um filme ajuda a reforçar preconceitos)

SPOILER ALERT: a análise do filme contém descrição de várias cenas. O filme francês Eu não sou um homem fácil, produção original da Netflix dirigida por Eleonore Pourriat, é daqueles que promete revolução, mas descamba para a mais pura decepção. A ideia é interessante, mas a execução ficou aquém das expectativas. O filme promete mostrar… Continue reading Análise: Eu não sou um homem fácil (ou de como um filme ajuda a reforçar preconceitos)

séries

O diabo não é tão feio como se pinta

Dica de série que descobri recentemente... Lúcifer, série da Fox cuja terceira temporada, que estreou no começo de outubro, está atualmente em exibição, pode causar estranheza para quem só conhece o diabo em sua versão bíblica. Mas, para quem gosta de mitologia e histórias policiais, é um bom programa. O personagem título foi criado por… Continue reading O diabo não é tão feio como se pinta

séries

Eventos um pouco menos estranhos

Análise da segunda temporada de Stranger Things, sem spoilers... A série Stranger Things, da Netflix, estreou a segunda temporada no final de outubro, com mais nove episódios sobre os 'estranhos acontecimentos' na cidade de Hawkins (Indiana - EUA). Ambientada em 1984, essa temporada mantém o grande trunfo da série, que é a familiaridade e a… Continue reading Eventos um pouco menos estranhos

Cinema

Filmes: o que já vi este ano e indico

*Bem-vindo a Marly-Gomont (Julien Rambaldi, França, 2016) O filme é baseado em fatos reais e conta a história de um médico recém-formado, Seyolo Zamtoko (Marc Zinga), natural da República Democrática do Congo (África), que aceita trabalhar no vilarejo de Marly-Gomont, no interior da França, onde as pessoas nunca tinham visto negros antes. Zamtoko se muda… Continue reading Filmes: o que já vi este ano e indico

séries

Dirk Gently e o humor nonsense iluminado de Douglas Adams

Douglas Adams, autor de O guia do mochileiro das galaxias (já resenhado aqui no blog, em 2009), também é o criador do detetive Dirk Gently, protagonista da série homônima da Netflix (essa Grande Irmã Orwelliana dos serviços de streaming da internet, que está bebendo nossos cérebros de canudinho. E a gente deixa. E gosta!). A série… Continue reading Dirk Gently e o humor nonsense iluminado de Douglas Adams

Adaptações, Infanto-Juvenil, Literatura, séries

Desventuras em Série tem adaptação que respeita os livros

Os três órfãos Baudelaire e seu arqui-inimigo, o conde Olaf, são velhos conhecidos dos leitores e fãs da coleção de livros Desventuras em Série, no qual sempre incluo os 13 volumes que narram os percalços na vida dos irmãos Violet, Klaus e Sunny, e um extra, a Autobiografia Não Autorizada de Lemony Snicket. A série que… Continue reading Desventuras em Série tem adaptação que respeita os livros

séries

A transcendência coreografada de The OA

Abrir o plexo solar, liberar o chakra que simboliza a entrada da luz dourada que alimenta, purifica e acalma o espírito. Para quem pratica meditação ou acredita e segue alguma das muitas terapias holísticas existentes, a 'coreografia dos anjos' de The OA, nova série que a Netflix lançou agora em dezembro, não parece tão estranha.… Continue reading A transcendência coreografada de The OA

séries

Séries: A derrapada de 3%

O piloto de 2011 de 3% tem uma ambientação sinistra, uma atmosfera opressiva e totalitária, que remete ao clássico 1984, filme dirigido pelo britânico Michael Radford e inspirado em uma das matrizes de boa parte das distopias modernas, o romance homônimo lançado em 1949, por George Orwell. Mas, a temporada de estreia da série 3%, primeira série produzida pela rede de streaming… Continue reading Séries: A derrapada de 3%

séries

Call the midwife e a teia invisível que entrelaça o destino das mulheres

A produção britânica, da BBC, Call the midwife não é novidade e já está na sexta temporada. Descobri o programa essa semana, na lista de sugestões da Netflix. Até então, nunca tinha ouvido falar, mas foi uma grata surpresa. Ambientada no final dos 1950, nos subúrbios de Londres, a série estreou em 2012 e é baseada… Continue reading Call the midwife e a teia invisível que entrelaça o destino das mulheres