Dica de Série: After Life

After Life, série da Netflix escrita, produzida e protagonizada pelo ator e comediante britânico Rick Gervais, é uma jornada tragicômica pelo luto, a depressão desencadeada a partir de um grande trauma e a redenção. Conta a história de Toni, que perde a esposa Lisa, vítima de câncer. Após enterrar a esposa, ele vive uma descida … Continuar a ler Dica de Série: After Life

Assistindo séries antigas: A sete palmos

A Sete Palmos (Six Feet Under) é uma série da HBO que sempre tive vontade de assistir, mas só agora surgiu a oportunidade. Foi exibida entre 2001 e 2005, tem cinco temporadas e todas podem ser vistas no HBO GO, aplicativo para quem é assinante do canal fechado. O tema central são as relações familiares … Continuar a ler Assistindo séries antigas: A sete palmos

Resenha: Trio de Vênus

O olhar feminino sobre a vida, a morte e as relações Trio de Vênus é um típico romance escrito para mulheres, por uma mulher, sobre a vida de três outras mulheres de gerações diferentes de uma mesma família vivendo um luto. Mas, não digo isso para desmerecer a obra, ao contrário, se virasse filme, daria … Continuar a ler Resenha: Trio de Vênus

Sobre divórcio e “o luto” da separação

Há alguns meses devo aos leitores do blog um texto sobre a vivência do "luto" após o divórcio. Não vivi a experiência do fim de um casamento na pele, mas vivi finais de namoros longos, acompanhei a separação dos meus pais, de amigos próximos e de familiares, daí creio poder discutir o assunto com aquele … Continuar a ler Sobre divórcio e “o luto” da separação

Luto por Saramago

Notícias tristes e alegres fazem parte do dia a dia de qualquer pessoa, mas na existência de um jornalista as duas se alternam em uma velocidade assustadora. Enquanto eu redigia o post comemorando minha primeira matéria de política, grão de areia no mundo que sou, morreu um dos meus escritores favoritos: José Saramago, meu filósofo … Continuar a ler Luto por Saramago

John Hughes: morre o diretor da minha adolescência

O diretor John Hughes morreu nesta quinta-feira, aos 59 anos, vítima de ataque cardíaco. A notícia, que chegou à Redação através das agências de notícias internacionais - na verdade, um colega tão ou mais cinéfilo que eu veio me contar porque leu numa agência -, trouxe o gosto das recordações, como todo luto. Sim, meus … Continuar a ler John Hughes: morre o diretor da minha adolescência