Resenha: A cultura-mundo (Gilles Lipovetsky e Jean Serroy)

"Cultura-mundo significa o fim da heterogeneidade tradicional da esfera cultural e a universalização da cultura mercantil, apoderando-se das esferas da vida social, dos modos de existência, da quase totalidade das atividades humanas. Com a cultura-mundo, dissemina-se em todo o globo a cultura da tecnociência, do mercado, do indivíduo, das mídias, do consumo; e, com ela, … Continuar a ler Resenha: A cultura-mundo (Gilles Lipovetsky e Jean Serroy)

Call the midwife e a teia invisível que entrelaça o destino das mulheres

A produção britânica, da BBC, Call the midwife não é novidade e já está na sexta temporada. Descobri o programa essa semana, na lista de sugestões da Netflix. Até então, nunca tinha ouvido falar, mas foi uma grata surpresa. Ambientada no final dos 1950, nos subúrbios de Londres, a série estreou em 2012 e é baseada … Continuar a ler Call the midwife e a teia invisível que entrelaça o destino das mulheres

Todos os (meus) nomes

Nasci para ser chamada de Roberta, que é o mesmo nome do meu pai. Ao menos, minha mãe queria que eu me chamasse Roberta e até mandou colocar esse nome naquele diplominha onde é carimbado o pé do bebê. Meu pai, na hora de fazer o registro, mudou para Andreia. Na escola, Andreia existia na … Continuar a ler Todos os (meus) nomes

Umas ideias sobre a autoestima feminina

Em artigo assinado por Maria Helena Vilela, diretora do Instituto Kaplan, a autora fala sobre a autoestima feminina que, via de regra, seria validada pela capacidade de atrair e conquistar o sexo oposto. O texto apenas toca no assunto, porque o foco é outro, ensinar as garotas a se defender contra a Aids, DSTs e … Continuar a ler Umas ideias sobre a autoestima feminina

Artigo: Reflexões sobre a ausência de privacidade

Faz tempo que reflito sobre privacidade e o ato de manter a própria vida longe da curiosidade alheia. Com tantas formas de interação disponíveis na internet, tais como o Orkut, Facebook, MSN, Twitter, comunidades disso e daquilo, sinto que a geração mais nova perdeu a referência do que seja vida privada, num sentido mais profundo … Continuar a ler Artigo: Reflexões sobre a ausência de privacidade

Semente…

Quando as minhas aulas sobre gênero e identidade viram realidade... Consultório médico. Recepção. Um menino, aparência de cinco/seis anos. Uma menina, irmã dele, no máximo três. A médica: Venha aqui ver que bichinho lindo! (mostrando a imagem de um bicho preguiça na tela do computador) Ela: Eu tenho! Ele: Não tem nada, você nem sabe … Continuar a ler Semente…

Refletindo sobre a solidão tecnológica

Li uma reportagem bem bacana na Super Interessante de maio chamada Solidão Impossível. O texto é do repórter Emiliano Urbim e trata sobre o advento das novas tecnologias e do quanto estamos nos tornando dependentes da conexão 24×7 (24 horas, 7 dias na semana), ininterruptamente plugados em tudo, em qualquer lugar. A matéria aborda desde … Continuar a ler Refletindo sobre a solidão tecnológica