Resenha: A odisseia de Penélope

Imagem: Instagram @blogmardehistorias / Andreia Santana A quem interessa uma Penélope devotada? Será que a costura feita durante o dia e desfeita à noite era mesmo um sinal da submissão de uma esposa fiel ou a autodefesa de uma mulher cercada por homens hostis e que precisava jogar com as armas à disposição? Para mim, … Continuar a ler Resenha: A odisseia de Penélope

Resenha: Vasto mar de sargaços

Vasto mar de sargaços conta a história da 'louca do sótão', a infeliz primeira mulher do abusivo senhor Rochester. Os acontecimentos são anteriores aos narrados em Jane Eire e dão outra perspectiva para a história de Charlotte, uma inclusive que os leitores do século XXI entendem muito melhor do que aqueles dos tempos das irmãs … Continuar a ler Resenha: Vasto mar de sargaços

Rocco vai publicar no Brasil livro sobre a pandemia editado por Margaret Atwood

Margaret Atwood é escritora, ensaísta e crítica literária (Foto: Mary Catalfamo/Divulgação) Fourteen days: an unauthorized gathering (Quatorze dias: uma reunião não autorizada, na tradução do inglês), livro que será editado por Margaret Atwood (O Conto da Aia, Alias Grace, Trilogia Maddaddão), teve os direitos de publicação no Brasil adquiridos pela editora Rocco. A obra, prevista … Continuar a ler Rocco vai publicar no Brasil livro sobre a pandemia editado por Margaret Atwood

Resenha: O Diamante de Jerusalém

Noah Gordon é um autor sinestésico. Daqueles capazes de desenhar as cenas na mente do leitor com suas palavras, que fluem em uma leitura que desliza macia e avança centenas de páginas sem que a gente se dê conta. Um pouco dessa capacidade de Gordon, exímio contador de histórias, está presente em O Diamante de … Continuar a ler Resenha: O Diamante de Jerusalém

Resenha: Fordlândia (Greg Grandin)

A cena do Vagabundo sendo engolido pelas engrenagens de uma super máquina, em uma linha de montagem fabril, é de 1936, mas ainda serve de metáfora para definir o capitalismo devorador e o consumo predatório que exigia cada vez mais indústrias para alimentá-lo. Da mesma forma, Admirável Mundo Novo, romance de 1931 de Aldous Huxley, … Continuar a ler Resenha: Fordlândia (Greg Grandin)

Resenha: A ciranda das mulheres sábias

A dança das avós “Quando uma pessoa vive de verdade, todos os outros também vivem” A ciranda das mulheres sábias, da psicanalista e escritora Clarissa Pinkola Estés, celebra a maturidade e as lições que as mulheres mais velhas têm a ensinar. Em um mundo que cultua a juventude de forma obsessiva, o olhar de respeito … Continuar a ler Resenha: A ciranda das mulheres sábias

Macabéa chega aos 40

O romance A hora da estrela, de Clarice Lispector, completa 40 anos da primeira publicação em outubro próximo. Para marcar a data, a editora Rocco preparou uma nova edição de luxo e recheada de material extra. O relançamento do livro também marcará os 40 anos da morte da escritora, ocorrida em 9 de dezembro de 1977. … Continuar a ler Macabéa chega aos 40

Resenha: Contos de terror do tio Montague (Chris Priestley)

Contos de terror do tio Montague, do britânico Chris Priestley, é um Penny Dreadful em versão infanto-juvenil. Mais juvenil, inclusive, porque certos trechos, definitivamente, vão causar pesadelo em crianças muito pequenas. Fazendo uma comparação mais próxima do público brasileiro, o livro lembra a deliciosa série de animação Historietas assombradas para crianças malcriadas, de Vitor-Hugo Borges. … Continuar a ler Resenha: Contos de terror do tio Montague (Chris Priestley)

Desafio: #1livroporfinaldesemana – Livro 9 – Felizmente, o leite (Neil Gaiman)

"Estávamos flutuando sobre uma paisagem de torres sombrias e castelos inquietantes. Não era um lugar amistoso. Morcegos voavam pelo céu em enormes grupos, ocultando a lua minguante..." O eleito desta vez para a tag #1livroporfinaldesemana (nos dias 24 e 25/07/16) foi o infanto-juvenil Felizmente, o leite, de Neil Gaiman. O autor britânico também escreveu outras … Continuar a ler Desafio: #1livroporfinaldesemana – Livro 9 – Felizmente, o leite (Neil Gaiman)