Filosofia da madrugada…papo de bêbado perde

Éramos cinco criaturas "indormidas" e com mais duas horas de plantão pela frente. Passava das duas da madrugada e a conversa começou por acaso. Alguém comentou sobre um antepassado português e uma coisa foi puxando a outra, num novelo emaranhado em muitos fios. Começou pela saga do antepassado, avançou para a colonização portuguesa, a vinda … Continuar a ler Filosofia da madrugada…papo de bêbado perde