Lugar de gente não é na prateleira

Sábado passo pela sala enquanto minha mãe assiste a novela Avenida Brasil. Paro para ver uma cena entre Jorginho e Débora. Ela diz que precisa se afastar dele, para poder esquecê-lo e seguir adiante com a vida. Ele, mesmo enrolado com um amor de infância, diz que não quer se afastar da ex-noiva, que precisa … Continuar a ler Lugar de gente não é na prateleira

Mulher Sem Retoque: Cupido em descompasso

Entre amigas: - Você gosta dele? - Demais... - E ele, gosta de você? - Não sei. - Já perguntou? - Não diretamente... - Então por que não pergunta? - Sei lá! Medo da resposta. Do outro lado da cidade... Entre amigos: - Você gosta dela? - Adoro! - E ela, gosta de você? - … Continuar a ler Mulher Sem Retoque: Cupido em descompasso

“Um amor assim delicado…”

Outro dia conversava com uma amiga dez anos mais nova que eu. Ainda não tem 30 anos e está naquela fase em que as opiniões são intensas. Essa época da vida é danada de boa, a gente pensa que pode tudo, que nossas convicções são as únicas que valem. Quando o assunto é relacionamento afetivo … Continuar a ler “Um amor assim delicado…”

Amor não correspondido

Débora amava Everaldo desde criança. E desde criança ele sempre a tratava como uma irmãzinha mais nova. Estava sempre por perto, ajudava a segurar todas as barras, secava suas lágrimas, a fazia rir, a levava para lá e para cá quando ela estava sem carro. Até pagava as dívidas do seu cartão de crédito, mas … Continuar a ler Amor não correspondido