Resenha: Contos de Imaginação e Mistério

A edição da Tordesilhas de Contos de Imaginação e Mistério (Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) Meu primeiro contato com os contos de Edgar Allan Poe ocorreu a partir de uma publicação avulsa, dessas comuns em bancas de revista, de Os Assassinatos da Rua Morgue, quando eu tinha entre 12 e 13 anos. Na sequência, … Continuar a ler Resenha: Contos de Imaginação e Mistério

Resenha: Cães

(Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) Um livro sobre as muitas tristezas da infância, a melancolia da adolescência e a solidão dos cães domésticos, que é, muitas vezes, um espelho e extensão do desamparo dos seus donos. A liberdade negligente dos animais de rua e o peso da matilha que enlaça e acolhe, mas anula … Continuar a ler Resenha: Cães

Resenha: O pássaro de fogo

A edição da Leya tem capa dura e ilustrações belíssimas(Foto: Andreia Santana/Blog Mar de Histórias) O pássaro de fogo é um afago na alma. Os contos de fadas russos são cheios de heroísmo e de um humor bem menos sombrio do que aquele dos contos alemães recolhidos pelos Irmãos Grimm ou das histórias britânicas reunidas … Continuar a ler Resenha: O pássaro de fogo

Resenha: A capital

A capital é considerado o romance mais autobiográfico de Eça de Queiróz, com um protagonista que assume papel de alterego do escritor. É uma obra menos badalada do autor português. Começou a ser escrita em 1877, mas só foi publicada em 1925, mais de 20 anos depois de sua morte, com a supervisão de um … Continuar a ler Resenha: A capital

Resenha: A odisseia de Penélope

Imagem: Instagram @blogmardehistorias / Andreia Santana A quem interessa uma Penélope devotada? Será que a costura feita durante o dia e desfeita à noite era mesmo um sinal da submissão de uma esposa fiel ou a autodefesa de uma mulher cercada por homens hostis e que precisava jogar com as armas à disposição? Para mim, … Continuar a ler Resenha: A odisseia de Penélope

Resenha: Vasto mar de sargaços

Vasto mar de sargaços conta a história da 'louca do sótão', a infeliz primeira mulher do abusivo senhor Rochester. Os acontecimentos são anteriores aos narrados em Jane Eire e dão outra perspectiva para a história de Charlotte, uma inclusive que os leitores do século XXI entendem muito melhor do que aqueles dos tempos das irmãs … Continuar a ler Resenha: Vasto mar de sargaços

Resenha: Um defeito de cor

Luiza Mahin é pura representatividade. Independente dela ter existido em carne e osso ou não, personifica milhares de meninas e mulheres africanas que foram escravizadas e trazidas para os engenhos de açúcar da Bahia, onde sofreram maus-tratos e abusos de toda natureza. Simboliza todas as vendedoras que palmilharam as ruas da velha Salvador, subindo e … Continuar a ler Resenha: Um defeito de cor

Resenha: Falsos Segredos

Alice Munro fará 90 anos em 2021 (Foto: Divulgação/Biblioteca Azul) Alice Munro escreve como quem acolhe uma amiga com uma xícara de café quente. Falsos Segredos, uma das coletâneas de contos da autora, reúne oito histórias que lembram o aconchego daquela irmã que oferece o ombro para chorarmos as mágoas, mas que não deixa de nos … Continuar a ler Resenha: Falsos Segredos

Resenha: Quando eu partí

As donas de casa dos anos 1950 sofriam as mesmas pressões vividas pela protagonista de Gayle Forman. A diferença é que elas não falavam sobre o assunto e nem trabalhavam fora, mas tinham jornadas igualmente extenuantes (Foto: Getty Images) Uma mulher de 44 anos, editora de uma revista de celebridades, mãe de gêmeos, casada, que … Continuar a ler Resenha: Quando eu partí

Resenha: Jane Eyre

Meu exemplar de Jane Eyre, presente de um amigo Vivesse nos dias de hoje, Jane Eyre seria uma dessas meninas ‘amaldiçoadas’ com um 'dedo podre' para escolher namorados. Mas, a realidade é que embora seus interesses amorosos tenham vivido em meados do século XIX, encontrariam facilmente homônimos quase 200 anos depois. O patrão Sr. Rochester … Continuar a ler Resenha: Jane Eyre