…canteiros e beirinhas de calçadas

Quando ando por aí e vejo a beleza efêmera da vida e o sagrado feminino revelados nos jardins alheios, terrenos baldios, áreas comuns com paisagismo caprichado ou vasos desleixados em um rol de entrada qualquer…

Crédito das imagens: Andreia Santana / @blogmardehistorias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s