(Im)paciente Crônica: Don´t say sorry!

Cheguei à agência bancária meia hora antes do atendimento ao público começar. O que eu fui fazer lá era bastante simples, buscar um documento referente à minha conta corrente. Levaria menos de 10 minutos. Demorou quase uma hora. Tempo esse em que, eu, pacientemente, escutei os resmungos da funcionária que me atendia, enquanto ela tentava … Continuar a ler (Im)paciente Crônica: Don´t say sorry!

Advertisement