Dicas de leitura, Literatura

Clássico de Bradbury ganha edição de bolso

A Editora Globo lançou Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, pelo seu selo Globo de Bolso. Escrito em 1953, ainda sob o impacto do fim II Guerra Mundial, Fahrenheit 451, revolucionou a literatura com um texto que condena a opressão anti-intelectual nazista e o cenário dos anos 1950, revelando a apreensão do autor por uma sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra.

A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado, mas que tem relação com a indústria cultural, a sociedade de consumo e a moral do senso comum, enumera o jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra.

fahrenheit-451Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual. O livro descreve um governo totalitário, em um futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TV instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixa de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e torna-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.

Em 1966, François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme homônimo, estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Em tempo: O selo Globo de Bolso lançou recentemente uma edição de Admirável Mundo Novo. A Biblioteca Azul, que integra o mesmo grupo editorial, está relançando toda a obra de Huxley (leia sobre o assunto aqui e aqui). O Mar de Histórias já fez resenha comparativa entre Admirável Mundo Novo e 1984 (relembre aqui).

Ficha Técnica:

fahrenheit 451Fahrenheit 451 

Autor: Ray Bradbury

Tradução: Cid Knipel

Gênero: Ficção Científica /Distopia

216 páginas

Editora: Globo de Bolso / Preço: R$ 22,00

*Com informações enviadas pela assessoria da editora e acervo do blog.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s