Resenha: O menino que via demônios

O pai de todos os males Escritora irlandesa se inspira em clássico de C. S. Lewis para falar de demônios, esquizofrenia e traumas de infância Em 1942, no auge da II Guerra, C. S. Lewis (As crônicas de Nárnia) escreveu um livro soturno e irônico sobre a condição humana, em homenagem ao velho amigo J.R.R. … Continuar a ler Resenha: O menino que via demônios

Obra libertina traduzida por Drummond tem nova edição

O romance de Chordelos de Laclos, As relações perigosas, considerado um dos clássicos da literatura libertina, e publicado em 1782, foi traduzido pelo poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade, em 1947. Na época, Drummond também escreveu um posfácio para o livro. Agora, a Biblioteca Azul (selo da Editora Globo) relança essa versão. Em As Relações … Continuar a ler Obra libertina traduzida por Drummond tem nova edição