Cinema

Filmes de férias 2013: racismo, Branca de Neve e vampiros

Na ordem em que foram assistidos:

historias-cruzadas-3Histórias Cruzadas – EUA, 2012, Tate Taylor – O filme é ambientado nos anos 50/60 e ganha pontos pela boa reconstituição de época. Figurinos, luz e locações criam o clima para o espectador mergulhar nesse drama comovente sobre a relação das empregadas domésticas negras e as crianças brancas que elas criam e educam enquanto os pais estão ocupados ganhando dinheiro e as mães jogando bridge. A ironia é que quando crescem, as crianças cedem à pressão da sociedade e tornam-se exatamente iguais aos pais, incluindo na forma arrogante e desrespeitosa de tratar as suas antigas “mammys”. A história é ambientada no racista estado do Mississipi, numa cidadezinha chamada Jackson, no período do acirramento das lutas pelos direitos civis dos negros. Embora o filme não vá tão fundo na questão, é audacioso em tocar no tema tabu da relação patrões x empregadas. Guardadas as devidas proporções das diferenças culturais, no quesito escravidão e suas graves consequências, Brasil e EUA se equivalem bem mais do que se imagina. Por aqui, até hoje a figura da empregada doméstica é desvalorizada e desrespeitada em direitos básicos. Um questionamento norteia o filme: quem cria os filhos das empregadas enquanto elas educam os filhos da elite branca? Com essa pergunta na cabeça, a jovem Skeeter (Emma Stone) universitária pertencente a alta sociedade de Jackson, retorna à cidade de nascimento em busca de uma boa história que irá lhe garantir emprego em uma importante revista de Nova York. A jovem então começa a entrevistar as empregadas das amigas e vizinhas e vê-se envolvida em uma causa muito maior do que apenas conseguir um furo de reportagem… Viola Davis, como a empregada Aibileen Clark, a primeira a concordar em ser entrevistada por Skeeter, está perfeita! Nota 10.

espelho-espelho-meu-highEspelho, Espelho Meu – EUA, 2012, Tarsem Singh – Junto com Branca de Neve e o caçador, Mirror Mirror re-editou o clássico conto da Branca de Neve, criando uma versão mais moderna da história. A diferença é que ao invés de explorar o lado sombrio e mais dramático do conto, Espelho, Espelho Meu aposta no humor e no carisma de Julia Roberts vivendo uma versão espirituosa, irônica e engraçada da Madrasta Má. A veterana Julia, que é a narradora da história, rouba a cena e ofusca a protagonista, vivida por Lilly Collins, que faz a Branca de Neve. A jovem atriz se esforça no papel e cumpre direitinho a cartilha. Não chega a ser a doce e irritantemente ingênua “princesa da Disney”, mas não avança muito para além da mocinha bem-intencionada de “comédia romântica”.  O filme vale pela inversão da lógica dos contos de fadas, numa atualização dos papeis masculino e feminino na trama. Logo no começo, a Branca de Neve é quem salva o príncipe encantado de uma situação de grande perigo e este, contrariando a norma, é bem menos viril e seguro de si do que se esperaria de um herói clássico. Vale destacar ainda o personagem do veterano Nathan Lane, que faz um covarde e afetado lacaio da rainha má. Nota 9.

a-hora-do-espantoA hora do espanto – EUA, 2011, Graig Gillespie – O filme é o remake da produção homônima dos anos 80. O vampiro Jerry dessa vez é vivido por Colin Farrell, em mais uma atuação canastrinha e nem de longe tão sedutora quanto do colega Chris Sarandon, o Jerry da versão original. David Tennant também não supera o carisma de Roddy McDowwell, o “caçador de vampiros” Peter Vincent. O remake modificou algumas cenas da história original, aboliu sequências antológicas e parece ter sido feito às pressas, de forma mal costurada. Essa mania de Hollywood refilmar “clássicos” de outros tempos tem se revelado um grande fiasco de bilheteria e crítica, mas os estúdios insistem. Nota 5.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s