Filosofia, Geral, Reflexões

Para quem você se enfeita, Marina?

Roubo o trecho de uma conversa entre amigas:

– Ele já te viu assim gata, mais magra, fashion?

– Ainda não.

– Então ele tem de ver, chama ele para sair!

Acordo filosófica, para variar. E acordo também vaidosa, o que também não é novidade. Saio catando na internet referências e inspirações de maquiagem. Cantarolo Caymmi:

“Marina, morena
Marina, você se pintou
Marina, você faça tudo
Mas faça um favor
Não pinte esse rosto que eu gosto
Que eu gosto e que é só meu”

Dou uma googlada: “para quem as mulheres se enfeitam?”

Vem resposta de tudo quanto é jeito. A mais interessante, que me bota para matutar: “as mulheres não se enfeitam para os homens, mas para as outras mulheres”. Hummm… Até que faz sentido por um certo ângulo. De fato, as mulheres (ou ao menos boa parte delas, não vamos generalizar) sabe que os homens raramente (existem exceções, claro) reparam em detalhes como maquiagem, roupas, cor ou corte de cabelo. Ao menos, eles não reparam cada item em separado, mas sabem apreciar a harmonia de um belo conjunto. Já as mulheres, mais minunciosas, prestam atenção a cada item do visual das amigas ou mesmo de outras mulheres na rua. Mas tenho uma teoria, não é necessariamente para comparar que elas fazem tanta questão de esmiuçar o look da colega ao lado. É para conhecer o estado de espírito umas das outras que elas reparam tanto nesses detalhes.

Claro que existem as fofoqueiras e as invejosas de plantão, mas vamos deixar claro que entre os homens também existem fofoqueiros e invejosos. Minha teoria, que eu nem sei se é inédita, se baseia em observação empírica. Ao longo da vida, convivendo com homens e mulheres, observei que muitas mulheres leem no visual das pessoas o que vai por dentro delas. É fato, e essa teoria não é minha, que o estado de espírito se revela na aparência. Os homens também percebem esse “bem estar”, mas no caso deles, a visão é mais geral. Talvez alguns nem parem muito para pensar o motivo que leva uma mulher a se produzir tanto. Ou ainda, os mais convencidos acreditem que de fato as mulheres se enfeitam para eles, quando estão na verdade, pintando o quadro exterior de uma beleza interna.

Não encontrei a resposta sobre para quem as marinas se pintam, afinal. E cada marina deve ter seus motivos para se pintar ou não. Mas sei para quem devemos nos pintar: para a criatura divina que habita cada uma de nós e nos sorri no espelho. Ela é quem devemos cuidar com bastante carinho e respeito sem esperar ou buscar a admiração dos outros. Este nunca deve ser o objetivo, mas uma grata consequência.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s