“O mundo fora do mar”

Para dar um gostinho, enquanto preparo a resenha... "O que posso contar a vocês sobre o mundo fora do mar? Afinal, vocês já o conhecem. Há animais que falam, as plantas têm sentimentos e os objetos possuem alma. Tem gente boa, tem gente má , e outros que não são nem bons nem maus. Gente … Continuar a ler “O mundo fora do mar”

Mentiras sinceras (não) me interessam

No contexto de Maior Abandonado (Cazuza) a frase (mentiras sinceras me interessam) soa até poética, mas a verdade é que, independente de gostar muito dessa canção, as mentiras sinceras (ou falsas como uma cédula de três reais) não me interessam. Mentir socialmente também não me convence, é artifício de gente dissimulada. Muito menos cola a conversa … Continuar a ler Mentiras sinceras (não) me interessam

“A questão é: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?”

Ela olhava para o teto. Por fim disse: 'minha professora diz que a infância é apenas um estágio no caminho para a gente ser uma pessoa adulta. É por isso que temos que fazer toda a lição de casa e nos preparar para a vida adulta. Não é uma bobagem?' Ariel concordou. 'Sem dúvida, pois … Continuar a ler “A questão é: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?”

O nome da rosa em edição de bolso

O nome da rosa, de Umberto Eco, comemora 30 anos de seu lançamento e a editora BestBolso, do Grupo Editorial Record, relança a obra em português, em edição pocket, a um preço mais acessível (R$ 24,90). Nesta nova versão, o próprio Eco acrescenta dois textos sobre o romance e reduz trechos do texto original escritos … Continuar a ler O nome da rosa em edição de bolso

Um blog para crianças que leem, escrevem e desenham

Descobri o blog Mil Cousas Poden Pasar graças a um livrinho homônimo, infanto-juvenil, escrito pelo espanhol Jacobo Fernández Serrano. Se já tinha me apaixonado por um espanhol da Catalunha (Carlos Ruiz Zafón), Serrano, que é da região da Galícia, também conquistou meu coração. O livro, premiado em 2009 com o Merlín de Literatura Infanto-Juvenil das … Continuar a ler Um blog para crianças que leem, escrevem e desenham

“estou querendo é que me instruam”

"Quando Sua Excelência se deitou e o Secretário pôde aproximar-se de seu rosto, Micrômegas disse: - É preciso reconhecer que a natureza é bem variada! - Sim - respondeu o saturniano - a natureza é como um canteiro cujas flores... - Ah - disse o outro - deixe seu canteiro pra lá. O Secretário recomeçou: … Continuar a ler “estou querendo é que me instruam”