Resenha: A noite mais escura do ano

Thriller sobre cachorros e… anjos

Dizem os apaixonados por cães que eles funcionam como verdadeiros anjos da guarda, nem tanto por protegerem a casa e os bens de seus donos, mas por uma dedicação afetuosa e desprendida que só poderia vir de um ser iluminado. O escritor de thrillers norte-americano Dean Koontz explora tanto a paixão pelos cães quanto a crença numa força divina de proteção em A noite mais escura do ano, uma mistura de thriller policial, terror e romance que não se sai do todo ruim.

O livro conta a história de Amy Redwing, uma mulher com um passado misterioso e um trauma profundo que ela tenta amenizar dedicando-se a resgatar cães em perigo, da raça Golden Retriever. Amy tem um namorado, um arquiteto bem-sucedido que a ajuda nos resgates e que por sua vez também esconde um antigo sofrimento sob as camadas de uma vida organizada demais para ser real. Os dois têm as rotinas mudadas de cabeça para baixo e o passado de volta batendo à porta ao resgatarem uma cadela de nome Nicky, que parece possuir poderes místicos, encarnando uma espécie de anjo de quatro patas, da casa de um dono bêbado e violento. De quebra, ajudam a família desse bêbado, a esposa e duas crianças massacradas por episódios de agressão doméstica.

O carisma da raça golden retriever é usado pelo autor para conquistar a simpatia do leitor. E dá certo! A vontade é adotar um cãozinho ao final da leitura

O livro não é nenhuma obra-prima entre os romances de mistério, mas é uma boa leitura. Tem passagens que exageram um pouco na dose do açúcar, o autor não esconde que ele mesmo é um apaixonado pela raça Golden Retriever – que é muito cativante, diga-se de passagem -, e tampouco esconde suas crenças religiosas. Alguns trechos parecem saídos da aula de catecismo do escritor em alguma escola batista norte-americana.

Mas, em linhas gerais, a trama é envolvente, traz uma boa dose de realismo fantástico e as soluções encontradas para responder aos inúmeros mistérios envolvendo os protagonistas, inclusive o comportamento da cadela Nicky, não agridem a inteligência de um leitor mais crítico. Há diálogos extremamente inspirados e irônicos que compensam a parte da catequese. Muito boas também são as informações (essas baseadas em fatos reais) que dão conta do número de animais abandonados por ano nos EUA e que denunciam os criadores de cães para pet shops. Uma verdadeira máfia, com cenas de maus-tratos de enfurecer os militantes do PETA e do Greenpeace.

Para quem gosta de leituras edificantes, o livro atende prontamente as expectativas. Mas agradará também aos amantes de tramas policiais, com espionagem, detetives particulares de comportamento condenável e tiros na neblina.  Há um certo maniqueísmo de bonzinhos x malvados, mas dentro do contexto das crenças do autor e da proposta da história, justifica-se.

A edição em português é que carecia de uma revisão melhor, porque os erros de digitação e palavras repetidas ou truncadas em alguns trechos quebram a fluidez da história e tiram uma parte do prazer da leitura.

Ficha Técnica:
A noite mais escura do ano
Autor: Dean Koontz
Tradução: Marilene Tombini
Editora Record
384 páginas
R$ 49,90

*Leia aqui um trecho da obra.

Advertisement

2 pensamentos sobre “Resenha: A noite mais escura do ano

  1. Eu gosto mais do Dean do que de Stephen King. Curto mais a sua maneira de tentar explicações para os fatos fantásticos que acontecem em seus livros enquanto King deixa muitas soluções em aberto. A Noite Mais Escura está em minha lista de espera e sua resenha me deixou tentado a fazê-lo furar a fila.

    Em meu blog faço algumas listas curiosas sobre livros, principalmente os de terror, fantasia e suspense. Se quiser conferir.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/2015/01/sete-coisas-assustadoras-criadas-por.html

  2. Pingback: Record lança novo thriller de Dean Koontz | Mar de Histórias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s