A história do degredo… para quase iniciados

Amantes de História – meu caso – vão se deleitar com Vadios e Ciganos, Heréticos e Bruxas – Os degredados no Brasil Colônia. Mas amantes de histórias – meu caso também -, podem se decepcionar se a expectativa for uma narrativa quase mítica em torno da epopéia dos expatriados que, a contragosto, ajudaram a colonizar … Continuar a ler A história do degredo… para quase iniciados

E chegar a qualquer ponto era sempre uma longa e dura jornada

A foto foi tirada do blog That´s All Folk! "Talvez Geza tenha me perguntado sobre as origens de seu povo para puxar conversa. Não foram muitos os ciganos que encontrei interessados nesse assunto; para eles a história antiga consistia, quase sempre, na memória mais antiga da pessoa mais velha que vivesse no grupo. Mas eu … Continuar a ler E chegar a qualquer ponto era sempre uma longa e dura jornada

E essa camada de ozônio, ninguém pensava nela?

"Disse pra eles que eu ia pra praia e que ia tentar não morrer afogado, e uns até riram. Eu dei tchau e fui embora. E eu fui embora pensando em como era mesmo essa coisa de praia? Eu tinha ido umas vezes, há muito tempo, e não tinha gostado nem um pouco. Era um … Continuar a ler E essa camada de ozônio, ninguém pensava nela?

Resenha: Estranha Presença

Ler o romance Estranha Presença me lembrou o filme O orfanato, de Juan Antonio Bayona, estrelado por Belén Rueda. A obra, tal qual a produção cinematográfica, se passa em uma casa antiga, decadente, claustrofóbica apesar do tamanho, cheia de quartos escuros e mistérios do passado. A semelhança do livro de Sarah Waters com o filme … Continuar a ler Resenha: Estranha Presença

Resenha: A beleza e o inferno

As palavras são perigosas quando encontram quem as leia e dissemine. Ao longo das quase 300 páginas do livro de crônicas A beleza e o inferno (Ed. Bertrand do Brasil), o jornalista italiano Roberto Saviano reafirma a máxima, marcando-a com tinta preta no coração de seus fãs. É para a legião de leitores, em mais … Continuar a ler Resenha: A beleza e o inferno

Na companhia de Oiá

Saí para trabalhar e vi Iansã. Estava vestida com uma saia vermelha, comprida, e uma camisa também vermelha. Os cabelos presos em um coque decorado por duas rosas, vermelhas e frescas. No pescoço, uma mistura de colares de prata, uma figa enorme e um colar de contas vermelhas e brancas. Nas orelhas balançavam dois brincões … Continuar a ler Na companhia de Oiá

Filmes da Semana: Uma nova chance para Anne Rice

Entre os filmes que vi ultimamente, para botar minha eterna filmografia atrasada em dia (o descompasso é apenas do ponto de vista de quem não perde estreias), aproveitei e revi Entrevista com o vampiro. Dei uma nova chance para a Anne Rice, já que o filme é baseado em livro homônimo dessa autora que, justiça … Continuar a ler Filmes da Semana: Uma nova chance para Anne Rice