Mais poesia de Gregório, que define o amor assim…

“O Amor é finalmente

um embaraço de pernas

uma união de barrigas,

um breve tremor de artérias.

*

Uma confusão de bocas,

uma batalha de veias,

um reboliço de ancas,

quem diz outra coisa, é besta.”

(Gregório de Mattos, in Poemas Escolhidos de Gregório de Matos, Org. José Miguel Wisnik, pp. 31, Companhia das Letras, São Paulo, 2010)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s