Literatura, Resenhas

Resenha: Nove Minutos com Blanda

Romance repleto da beleza do cotidiano miudinho

A escritora Fernanda França, a criadora da personagem Blanda, nasceu em São Paulo e, como a autora deste singelo blog, também é jornalista

Blanda tem 24 anos, está desempregada, vive um namoro sem sal nem pimenta com um sujeito desprezível e não sabe muito bem o que vai fazer com o diploma de Direito que acabou de conquistar. Conhece uma Blanda de carne e osso? Porque essa que descrevi acima é de papel e tinta, criada pela escritora Fernanda França e protagonista do delicioso Nove Minutos com Blanda, do Desfecho Romances – selo da editora Multifoco.

O que torna a heroína deste representante nacional do gênero literário feminino “chick lit” (ou literatura cor-de-rosa, como é mais difundido por aqui) tão parecida com uma amiga próxima ou com a nossa própria vida quando estávamos nessa mesma idade, é a facilidade com que a autora lança mão das miudezas do cotidiano para compor uma história contemporânea, mas que se fosse uma peça de roupa flertaria com o vintage, sem culpas.

Já vivi dias de Blanda e acredito que boa parte das mulheres que leem o livro se identifica com os conflitos da jovem advogada que na verdade queria ser pintora. Que atire a primeira pedra aquela que nunca sentiu vergonha dos micos básicos que vez ou outra nossas mães nos fizeram pagar. Ou ainda, quem nunca namorou um sapo só para não ficar sozinha, porque a autoestima andava muito baixa para sequer pensarmos em atrair um príncipe? Ou ainda, quem nunca questionou se investiu tempo e dinheiro na faculdade certa? Quem nunca quis trocar de emprego? Trocar de pele e de vida?

O interessante é que, embora conte uma história de amor, com todos os elementos claros e clássicos de um romance feminino, Nove Minutos com Blanda é, antes de mais nada, um livro sobre a autodescoberta e o amadurecimento de uma jovem mulher brigando para abrir caminho no mundo. Em certa medida, o ar levemente nostálgico da história me lembra baladas como Woman In Chains (Tears For Fears), uma bela pérola sobre os conflitos existenciais da mulher moderna, em eterno embate com a balança e o espelho – sim, lógico! –, mas principalmente, em eterno embate para reconquistar o respeito perdido em séculos de machismo histórico, cultural e atávico, inclusive nas próprias mulheres.

Blanda ainda se impõe questionamentos duros justamente por viver nesse contexto de “mundo masculino”, mas ao mesmo tempo, mostra que a leveza é atributo da alma feminina. Só as mulheres conseguem rir de si mesmas com tanta coragem para tentar consertar as burradas que vez por outra cometem com as próprias vidas. O mais bacana é que, embora sonhe com um amor cúmplice, companheiro e que a tire do chão (e quem não sonha, cá para nós? Principalmente aos 24 anos), ela corre atrás do prejuízo, dá uma guinada na carreira, na relação familiar, se encontra e amadurece sem precisar de um “protetor” vestido em armadura.

Tecnicamente falando, a linguagem do livro é simples e clara. A narrativa fluida e a prosa de “querido diário” de Fernanda França, em alguns trechos soa deliciosamente pueril ao leitor, no sentido de manter uma inocência de criança que torna a obra e sua protagonista muito simpáticas e carismáticas. A história se resolve em suas pouco mais de 200 páginas e não esconde a inspiração na agilidade dos roteiros das boas comédias românticas da década de 90, com certeza referência para muitas autoras da nova geração.

A sensação no fim da jornada de Nove Minutos com Blanda é que ela não termina no the end, mas que cabe e deve render continuação, pois a trajetória feminina na contemporaneidade, com seus múltiplos papéis, seus sonhos e uma exigência quase de atleta olímpica para conciliar carreira, coração e família, rende no mínimo, mais noventa minutos…

Ficha técnica:

Nove Minutos com Blanda

Autora: Fernanda França

Editora: Multifoco (Selo Desfecho Romances)

211 páginas

Visite o site da autora: www.fernandafranca.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s