Sessão em família: Os Incríveis

As animações Disney/Pixar mudaram o conceito de animação, embora eu sempre, desde que me entendo por gente, tenha gostado muito desse gênero. Desenho animado, na tv ou no cinema, está sempre na minha lista de coisas para ver. E gosto de quase todos os estilos, 2D, stop motion (amo as massinhas de modelar do Tim … Continuar a ler Sessão em família: Os Incríveis

Corujice…

Um post totalmente mãe coruja. Snaky Theu, meu filhote de 12 anos, fez o desenho acima. Como eu sempre fui traumatizada com desenho, não passo das florzinhas, casinhas e pessoas de pauzinho (aquelas que tem a cabeça redonda e as pernas e braços são quatro risquinhos) - se bem que outro dia me aventurei a … Continuar a ler Corujice…

Diário de uma aparelhada – IV

Querido Diário, Até que depois que a gente acostuma, aparelho não é tão ruim de usar (embora eu ainda me ache esquisita no espelho). A melhor notícia do mês passado para cá, é que aquela pestinha do meu irmão caçula agora também está usando aparelho - hahahah - vingança é um prato que se come … Continuar a ler Diário de uma aparelhada – IV

Vida ordinária

A sirene tirou Miranda do seu devaneio. Sobressaltou-se e deixou a almofada escorregar dos cotovelos, três andares até o chão da rua. A ambulância passou costurando o trânsito, em zigue-zague frenético. Miranda ficou pensando quem teria se acidentado, ou sofrido um enfarto... Suspirou e desceu até a portaria do edifício, para recuperar a almofada.

Nosferatu, Copolla e o Drácula de Bram Stoker

Depois de passar quatro dias literalmente presa ao inferno da axé music (com todo respeito a quem gosta do estilo, eu detesto!), decidi descontaminar visitando o inferno real. Mais uma vez, na minha necessidade de investigar a origem das coisas, fui beber na fonte primordial - paciência leitores, sou nostálgica desde que me entendo por … Continuar a ler Nosferatu, Copolla e o Drácula de Bram Stoker

Bebendo na fonte: O Gabinete do Dr. Caligari

Martin Scorsese, genial como sempre, emocionou em seu discurso ao receber o prêmio Cecil B. DeMile no Globo de Ouro 2010 (no último domingo). Falou da importância de se recuperar os filmes dos grandes mestres do cinema, deu lição de amor à sétima arte. Por coincidência, eu tinha revisto, dia desses, O Gabinete do Dr. … Continuar a ler Bebendo na fonte: O Gabinete do Dr. Caligari

Uma descoberta literária

Minha nova tarefa no terreno das resenhas literárias é escrever sobre a segunda edição - revista, ampliada e atualizada - do livro O português que nos pariu, da jornalista Angela Dutra de Menezes. O título sugestivo esconde um livro divertidíssimo, e olha que estou só na metade, que narra a epopeia portuguesa da colonização, dramática … Continuar a ler Uma descoberta literária

Reflexões sobre grandes provas de amor

Uma das histórias das tantas emocionantes sobre o terremoto no Haiti é a do marido que, à trabalho na República Dominicana (país vizinho), recebeu a notícia do terremoto, dirigiu 150 quilômetros e, chegando em casa, cavou os escombros com as próprias mãos, até resgatar a esposa, com vida. Na redação do jornal onde trabalho, o … Continuar a ler Reflexões sobre grandes provas de amor