O tema é amizade, muito possível entre as meninas

"Mulher só é amiga da outra quando não tem homem no meio". Essa frase me causa uma tremenda irritação (com o perdão da Fernanda Young, que anda irritada há bem mais tempo que eu). Se é para generalizar, podemos afirmar, sem susto: "homem só é amigo do outro quando não tem mulher no meio". Sim, … Continuar a ler O tema é amizade, muito possível entre as meninas

O fantástico mundo de Roald Dahl

"O segredo de escrever bem para crianças é pensar como criança". A receita tão simples não saiu de nenhum manual para escritores iniciantes, mas da boca do consagrado autor britânico Roald Dahl, criador de personagens inesquecíveis da ficção infantojuvenil como Willy Wonka, Matilda e o Senhor Raposo, o mais novo habitante do fabuloso mundo do … Continuar a ler O fantástico mundo de Roald Dahl

Roald Dahl II – “Escrever é percorrer vales e montanhas”

Aos 71 anos, Roald Dahl era um autor em plena atividade literária. Na entrevista que deu ao jornalista britânico Todd McCormack, em 1987, três anos antes de sua morte, legou à posteridade não apenas histórias engraçadas sobre como encontrou inspiração para criar seus personagens, mas deu uma aula sobre o quão complexa e ao mesmo … Continuar a ler Roald Dahl II – “Escrever é percorrer vales e montanhas”

Roald Dahl III – Reinvenção de Robin Hood

A raposa é um animal injustiçado. Sempre associada a esperteza de um modo negativo, no sentido de levar vantagem sobre os outros, o bicho virou sinônimo tanto de malandragem quando de traição. Mas o Senhor Raposo, personagem de O Fantástico Senhor Raposo, obra de Roald Dahl relançada este mês pela Martins Fontes, sem abrir mão … Continuar a ler Roald Dahl III – Reinvenção de Robin Hood

Roald Dahl IV – Livros que viraram filme

O Fantástico Senhor Raposo é o sexto livro infantil de Roald Dahl adaptado para o cinema. O primeiro foi A Fantástica Fábrica de Chocolate, em 1971. Para esta primeira versão, o próprio autor escreveu um esboço de roteiro, depois finalizado por David Seltzer. Antes, Dahl já havia escrito, nos anos 60, o roteiro de 007 … Continuar a ler Roald Dahl IV – Livros que viraram filme

Três adolescentes

A primeira devia ter no máximo 13 anos. Usava tanta maquiagem que parecia uma máscara de kabuki. Os olhos pintados no estilo Amy Winehouse e a franja caída sobre os olhos demonstravam uma indefinição típica da idade: não sabia se queria ser Emo ou roqueira-pop sujinha. Parecia ser a mais inteligente das três. Irônica, até … Continuar a ler Três adolescentes

*Upside down

*De ponta cabeça, para ver o mundo sob outra perspectiva. Leve depressão natalina se instalando. Digo xô tristeza, mas ela persiste. Este ano tá um pouquinho mais intensa. Vem aí el Niño, quem sabe aquece meu coração... P.S.: Sem PC, mas a matéria sobre Roald Dahl sai neste sábado.

Para revisitar a poesia de Thiago de Mello

Neste sábado, o Caderno 2+ do jornal A TARDE publica a resenha literária que fiz da coletânea de poemas do autor amazonense  Thiago de Mello, lançada recentemente pela coleção Melhores Poemas, da Global Editora. Meu novo desafio em literatura no jornal  é uma reportagem sobre o escritor infanto juvenil Roald Dahl, autor, entre outras histórias, … Continuar a ler Para revisitar a poesia de Thiago de Mello

Lei de Murphy

De tanto evitar compromissos sociais, por preguiça pura, Maria descobriu que toda vez que ela queria realmente sair, se programava, escolhia a roupa mais confortável, tomava banho e se enchia da água de colônia preferida, acontecia algum imprevisto e ela ficava presa em casa. Apesar da descrença em superstições, após tantas pequenas tragédias domésticas impedirem … Continuar a ler Lei de Murphy

Vinco

Tereza descobriu que de tanto andar de cara amarrada, uma ruga de expressão se aboletou bem ali, no meio da sua testa tão lisa. Ultimamente, Tereza tem rido pouco, tão raramente, que até sente dor ao mover os lábios em direção a um sorriso. Os cantos da boca estão secos, o sorriso de Tereza, tão … Continuar a ler Vinco