Cinema, Infanto-Juvenil, Querido Diário

Up – Altas Aventuras

Demorou, mas finalmente hoje fui assistir Up – Altas Aventuras, a nova animação da parceria Disney / Pixar. O filme é belo e comovente, como Wall-E, e divertido e colorido, como Procurando Nemo.

UPConta a história de um velhinho, Carl Friedricksen, que passou a vida sonhando em ser um grande explorador, mas acabou vivendo mesmo foi a aventura da vidinha cotidiana. Os primeiros 20 ou 30 minutos do filme são todos mudos – o que também ocorre em Wall-E – e que eu particularmente acho genial, pois resgata um período da história do cinema em que a linguagem era a poesia dos gestos, do olhar, dos planos, da mimica clown, de Charlie Chaplin e Buster Keaton.

O roteiro de Up é enxuto nos diálogos, muito mais interessante que a tendência verborrágica e quase esquizofrênica de alguns filmes modernos. É também inteligente. A indústria do cinema percebeu que as crianças de hoje em dia não são mais “tatibitati” e por isso, criam histórias e personagens divertidos, quase improváveis, mas muito reais. Tem algo mais real do que um velhinho super fofo, porém muito ranzinza, que lembra o avô de muita gente? E tem algo mais pertencente ao mundo dos sonhos do que uma casa voadora?

Sem falar que os filmes atuais atraem também os adultos, o que contribui para colocar as animações em pé de igualdade com os filmes convencionais. O que também considero justo, porque dá muito trabalho fazer uma animação, mais trabalho ainda criar histórias para crianças. Mas, por se tratar de uma animação infantil, não faltam cães falantes, perseguições e algumas cenas pastelão que sempre arrancam risos dos pequenos.

UP 2Há cenas em que não tem como não se comover e até deixar uma lágrima rolar. Muito divertido na sessão, foi ver que as mães choravam muito em alguns momentos e os filhos perguntavam: “Mãe, você tá chorando?” E, logo na sequência, lá estavam as mesmas mães (eu, inclusive) às gargalhadas.

O que faz do filme uma produção tão carismática é justamente essa combinação de sonho, do desejo de lançar-se aos ares em busca de terras prometidas, com o lúdico e ingênuo (balões que transformam uma casa em zepelim) e ainda com a pitada da realidade que bate à porta (uma empreiteira que quer comprar a casa do velhinho Carl e transformá-la em mais um arranha-céu, um menino cujo pai trabalha tanto que não tem tempo para ele e um casal que envelhece lado a lado).

Recomendo!

Assista o trailer dublado:

 

Anúncios

1 thought on “Up – Altas Aventuras”

  1. a pixar já mostrou que é possível fazer um ótimo filme para crianças com uma mensagem universal. e ‘up’ apenas ratifica essa nova tendência entre as animações. unir efeitos de tirar o fôlego com personagens carismáticos é sinonimo de sucesso naõ apenas com a criançada como também com os adultos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s