Querido Diário

Descontaminação pré-aniversário

De vez em quando a vida vira uma bagunça sem tamanho. Ou tudo acontece de uma vez ou nada acontece. Quando tudo acontece de uma vez, falta tempo e sobra o que fazer. Quando nada acontece, o tédio predomina e tédio não combina com criatividade. Mas, há também os períodos de descontaminação ou inferno-astral, geralmente antes do aniversário. Estou em processo de descontaminação.

Se acontecem muitas coisas boas, como o conto publicado no jornal, conforme o post aí abaixo, tem outras tantas coisas nem tão boas acontecendo em igual proporção. A tal da sensação de mola encolhida, que Lulu Santos canta tão bem.

Periodicamente, isso acontece comigo e enquanto algumas coisas vão muito bem, outras nem tanto, ‘somedays are better than others’, diria Bono Vox.

Aprendi, com o passar dos anos, que não adianta maldizer o destino, culpar o tempo ou sentar, colocar a cabeça entre as mãos e chorar. O negócio é viver os dias de tormenta com serenidade e ir cuidando de outras coisas, enquanto aquelas específicas que a gente tanto quer (geralmente são essas que dão errado) não encontraram seu rumo neste mundo.

“Nau a deriva”, mas nem por isso sem comando no leme!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s