Meio ambiente, Querido Diário

Crise de asma

Querido diário,

Acordei com os pulmões em greve. A culpa é da emissão desenfreada de CO2 na atmosfera de Salvador. Que ironia, não tenho carro, não sei dirigir porque ainda não quis aprender, adoro andar a pé e ainda assim, enfrento uma paralisação de pulmões, brônquios e traqueia. É greve geral, pessoal! Ar aqui não entra, da boca sai um chiado de gato recém-nascido. Caí na nebulização com Berotec e Atroven (mais um pouquinho de corticoide nestas veias e vias aéreas!). Meu consolo é que, graças a Walter Salles Júnior, descobri que sofro do mesmo mal que Che Guevara, que honra, ambos somos asmáticos crônicos! Enquanto Che fez revolução, eu escrevi uns versinhos tortos sobre a minha sina:

A minha cura é pior que a doença
sem ar, sem fôlego, asma crônica
eis minha sentença
de vida
de morte
da infância à velhice…

P.S.: Depois que o ladrão entrou, decidiram fechar a porta. Parece que as instâncias superiores que governam essa mal fadada cidade vão implantar uma política de monitoramento do ar soteropolitano. Se a asma não me matar antes, viverei para contar…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s