Síndrome de centopeia. Ou, as mulheres e seus sapatos

Esqueça a Cinderela com seu sapatinho de cristal, par único para uma borralheira que anda descalça em 80% da história e ainda por cima presente de uma fada madrinha. O padrão feminino de calçados continua sendo mesmo a ex-primeira dama das Filipinas, Imelda Marcos. Aquela, minha gente, que tem a maior coleção de calçados do … Continuar a ler Síndrome de centopeia. Ou, as mulheres e seus sapatos

Tirando o atraso cinematográfico – safra 2007

Na minha lista de obras que deveria ter visto quando foram lançadas, mas, por um motivo ou outro, só vi agora, constam mais três filmes: Piaf - Um hino ao amor, Antes de Partir e Sweeney Todd - O barbeiro demoníaco da Rua Fleet. Assisti aos três no último final de semana, aqui vão minhas … Continuar a ler Tirando o atraso cinematográfico – safra 2007

Viagem nonsense pelo universo

O escritor britânico Douglas Adams morreu em 2001. A série Guia do Mochileiro das Galaxias deve ter chegado as estantes de Bobbie uns dois ou três anos depois que o seu autor foi morar nas estrelas para sempre. Eu só parei de enredar e peguei os livrinhos para ler há um mês. A leitura trouxe reflexão sobre "a vida, o … Continuar a ler Viagem nonsense pelo universo

Sonhar é bom, mas a vida real é mais confortável

Finalmente uma boa comédia sobre o cotidiano ordinário, que não destila ironia ou dispara frases de efeito a cada cinco minutos. Marley e Eu, inspirado no livro homônimo do jornalista John Grogan (que por sua vez se inspirou na própria vida), conta a relação de uma família classe-média americana com o seu cachorro, um simpático … Continuar a ler Sonhar é bom, mas a vida real é mais confortável

Vida real, vida virtual

O que ando fazendo aqui fora, quando não estou aqui dentro (do blog): - Tendo aulas de ética e direitos autorais na Internet. Matéria essencial em tempos de pirataria institucionalizada; - Concluindo a leitura do quinto e último livro da série Guia do Mochileiro das Galaxias. Já prometi alguns posts abaixo, mas esse fim de … Continuar a ler Vida real, vida virtual

“Fuá na casa de Cabral”

Não preciso dizer mais nada. Siba já disse tudo... Fuá na Casa de Cabral Mestre Ambrósio Letra de Siba e Hélder Vasconcellos Naquele Brasil antigo Perdido no desengano Seu Cabral chegou nadando E não preocupou com nada Deu ordem à rapazeada Mandou barrer o terreiro: "Me chame o pai do chiqueiro que hoje eu quero … Continuar a ler “Fuá na casa de Cabral”

Bienal decepcionante

A IX Bienal do Livro da Bahia é uma decepção. As atrações são poucas, os debates com autores realmente interessantes ocorrem em horários que não favorecem o público usuário de ônibus e os valores dos livros não diferem daqueles encontrados nas livrarias dos shoppings, com a diferença de que no shopping existe o conforto do … Continuar a ler Bienal decepcionante

Inconfidência de poetas – II parte

A inspiração para a Inconfidência Mineira vinha dos ideais iluministas da França, da conquista recente da independência pelas treze colônias inglesas nas américas (Estados Unidos) e da poesia. Pelo menos, dois dos líderes da conspiração eram poetas: Tomás Antonio Gonzaga e Claudio Manoel da Costa. Os dois faziam parte de um movimento chamado Arcadismo. Para … Continuar a ler Inconfidência de poetas – II parte

Inconfidência de poetas – I parte

Gravura representando o julgamento dos inconfidentes O feriado desta terça-feira, 21 de abril, lembra a Inconfidência Mineira, movimento que pretendia separar Minas Gerais de Portugal e fracassou, sendo punido com severidade, em 1789. Lembra também o martírio de Joaquim José da Silva Xavier, alferes apelidado Tiradentes. Morto enforcado, esquartejado, tendo as partes do corpo salgadas … Continuar a ler Inconfidência de poetas – I parte