Diga não ao trabalho infantil

É com grande orgulho, inchando feito um pavão, que apresento à meia dúzia de leitores deste singelo blog uma produção de Matheus, 11 anos, estudante da quinta série do ensino fundamental.

………………………………………….

Diga não ao trabalho infantil

Crédito: Elza Fiúza/ABr. Menina carrega compras em troca de moedas

Crédito: Elza Fiúza/ABr. Menina carrega compras em troca de moedas

“Muitas crianças sofrem com o trabalho infantil, seja nas ruas ou em fábricas. Muitos trabalhos são prejudiciais à saúde, como separar os maços de fumo. As crianças ficam enjoadas, vomitam, e nem sabem por quê.

As crianças e os jovens trabalham até 10 horas por dia e só ganham de R$ 2 a R$ 6 reais. A miséria precisa acabar. As crianças e os adolescentes precisam estudar, brincar, se divertir. Não podem ser escravizados. Isso é proibido por lei.

Mas apesar de ser proibido, jovens e crianças continuam na miséria, trabalhando para ajudar suas famílias. E muitas famílias moram nas ruas, e as crianças trabalham no trânsito, o que é arriscado. E muitas vezes resulta em violência.

Se o governo colocasse esses trabalhadores infantis em boas escolas e as famílias deles em bons empregos, com certeza a mão-de-obra infantil e a violência iriam diminuir bastante”.

Matheus

3 pensamentos sobre “Diga não ao trabalho infantil

  1. adorei gostaria de ver mais historias sobre esse assunto que é muito importante, sou adolescente tenho 14 anos e não gosto de ver isso acontecer mais é a nossa realidade infelizmente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s